sexta-feira, 18 de junho de 2010

Saúde no Québec...

Olá a todos!
Faz muito tempo que eu não escrevo no blog, mas nesses últimos meses eu tenho vivenciado mais de perto o problema da saúde no Québec. Então resolvi colocar o meu ponto de vista e a minha experiência.
Desde março de 2010 eu estou com uma dor na parte lombar que foi diagnosticada posteriormente como uma hérnia de disco volumosa entre a L5 e a S1! Isso tem me impedido de ter uma vida normal já há alguns meses...
Fui atendido muitas vezes em uma clínica sem rendez-vous. O atendimento sempre foi feito após uma hora ou uma hora e meia, e sempre com um generalista (clínico geral). Mesmo eu indo na mesma clínica toda semana, sempre fui atendido por médicos diferentes e nem sempre com o mesmo ponto de vista!
Não estou acostumado com este tipo de tratamento. O Sistema particular brasileiro é bem melhor nesse ponto.
O exame que eu fiz foi uma TACO - uma radiografia 3D. Demorou em torno de um mês pra fazer, mas o médico só passou depois de um mês e pouco que eu já estava sem trabalhar!
Dentre as muitas idas à clínica, encontrei um médico que tinha um amigo especialista (physiatre) e me recomendou pessoalmente. No dia seguinte eu já tinha consulta marcada com o especialista, graças a Deus!
Aqui é muito difícil e demorado ter uma consulta com o especialista...
Gostei muito do physiatre. Ele fez muitas medições e testes, me explicou exatamente o que estava acontecendo comigo... Ele me passou muita confiança.
Bom... Muitos amigos dizem que se preocupam com a saúde no Québec, mas eu nunca tinha encarado a situação desta forma - como uma preocupação. Eu mudei de idéia!
Realmente me preocupa não poder contar com um acompanhamento e com uma saúde que "funcione" em casos de "meio termo" (sem possibilidade de morte).
Tenho relatos de muitas pessoas com casos graves que são muito bem tratadas, mas em casos que não há morte iminente, o negócio não funciona!
Tenho refletido muito sobre "estar nas mãos de Deus"! Eu vim para cá pra continuar no centro da vontade de Deus para a minha vida!
Esse período em que estou colado na cama está me quebrando espiritualmente. Ao mesmo tempo eu tenho sentido a mão de Deus muito mais próxima que antes.
Cada dia é um exercício de fé... As vezes mais fácil, as vezes mais difícil, mas o Senhor tem sido fiel.
"Laços de morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim; caí em tribulação e tristeza. Os cordéis da morte me cercaram, e angústias do inferno se apoderaram de mim; encontrei aperto e tristeza. Então, invoquei o nome do SENHOR: ó SENHOR, livra-me a alma." Salmos 116:3,4

2 comentários:

  1. Olá, nesta hora em que o desânimo toma conta, vc. deve ter em mente todas as outras coisas boas que encontra aqui! Eu sei que deve ser muito difícil ficar em casa, de cama, com dor e sem saber se vai conseguir se tratar ou não! Que bom que já tem um especialista, acredito que o pior já passou, o jeito é rezar p/ não termos problemas de saúde "sem risco de morte" aqui!Força que tudo vai se resolver! abraços, mariane

    ResponderExcluir
  2. Bonjour, Dido and Mary,

    I'm an atheist, but I thought that even so, I could leave some words about this suffering. When you say "Esse período em que estou colado na cama está me quebrando espiritualmente", I immediately think about creativity and its relation to crisis. I think you're much stronger now after that and perhaps even had the chance to stop for a while and ponder about your life, whatever. Just as an example of what I mean, there are people who use this time on bed to write something original. I suppose that, from your point of view, the Lord had a good reason to keep you there for a while.

    Well, that's it! Hope you're back on your feet!

    Bonne courage!!
    Eddie A.S.A.P.

    ResponderExcluir